10.2.10

não, talvez.

não é que eu tenha deixado de amar você. é que suas atitudes me remetem muito ao amor. mas não ao nosso amor. e não te julgo, cobro ou faço parecer a coisa mais inadmissível do mundo. eu simplesmente vejo essas suas tentativas de abordar o mesmo assunto com muitas pessoas como um naufrágio proposital. e, veja bem, você não está errado em tentar. mas está errado em querer que eu acredite que comigo vai dar certo de novo. ou começar a dar certo. sinto muito por não acreditar. eu acredito no amor, no amor dos outros, no seu amor e até no meu amor. mas estamos bem longe de fazer um encontro entre nossas definições desse sentimento sem regras. eu ainda te quero bem, mas te ver dando esses mergulhos fatais me deixa assombrada. é, talvez eu não ame mais você. não como você quer e talvez não como eu gostaria, e ainda sinto muito por te ver fazendo essas acrobacias.

1 comentários:

ARCANO disse...

Voce escreve intensamente bem!

 

Blog Template by YummyLolly.com - RSS icons by ComingUpForAir