28.6.10

conexão fail

tão torturante quanto qualquer atividade interessante interrompida por conta de uma conexão malvada. é que antes havia uma sintonia tão mágica que qualquer coisa colaborava. compartilhávamos cada minuto vivido e cada [in]certeza sobre as coisas mais banais e impossíveis. e erámos uma família bem conectada, com suas picuinhas e cheia de símbolos, significações e até hierarquias. era mais afinidade, sobre qualquer coisa, entre qualquer um de nós. mas pensando bem, o que nos unia era algo muito feio e ruim. talvez fosse a dor, talvez a pena, talvez um infinito de sentimentos que precisavam ser consolados e se consolar comunitariamente. e aí tropeçamos no encalço da vida e começamos a absorver essa normalidade necessária. e nos esquecemos. pode ser que um pedaço de cada um esteja guardado bem no fundo do outro, mas bem no fundo porque parecemos muito mais distantes do que toda essa distância quilométrica instaurada entre nós. foi o inverno que chegou pra gente, que transformou-nos em pedaços de pedra fria e que se afastam umas das outras pra se derreterem ao sol da vida. chikara is fail.

3 comentários:

Maria Fernanda Probst disse...

Começou bonito e terminou me doendo.

Beijo

gabriela m. disse...

chikara is fail.

-

a mim, doeu desde o começo. mas sempre bonito;

livia soares disse...

Olá, Marcella.
Venho aqui restaurar nossa conexão.
Venho ler seus bilhetinhos poderosos para o de-dentro de nós, onde todos somos semelhantes... nsse desejo de encontrar o outro - tão mais avassalador que os muitos desencontros.
Um abraço.

 

Blog Template by YummyLolly.com - RSS icons by ComingUpForAir