12.12.09

eu é que não

eu é que não cumpro os meus desejos. isso aí... eu não vou atrás das coisas que eu quero, que planejo, que gosto e tudo mais. deixo tudo pra quando a minha auto-estima estiver suficiente e isso nunca vai acontecer, portanto, eu vou sempre me ferrar, vou sempre ver as outras pessoas vivendo a minha vida ou pelo menos aquela que eu esperava viver. nem rola aquela inveja macabra de desejar que o bem sucedido se ferre, mas eu só não sei o que vai ser de mim se continuar assim. aliás, sei. e sei que não vai mudar. enfim, vou ter todos os dias da minha vida angustiantes e iguais aos da minha mãe. a diferença é que eu nem curto mais enxer a cara. ou talvez comece a curtir, pra esquecer os problemas, num ritmo diário bem frenético.

3 comentários:

Bruna Nunes disse...

um pouco desestimulador, mais verdadeiro. Gostei.

gabiz disse...

também tenho isso de quer e esperar que caia no meu colo.
mas, pelo menos uma parte: a faculdade, eu vou tentar mudar.
minha mãe tem que parar de viver por mim, afinal.

gostei do seu jeito de escrever.
é honesto.

Anamyself disse...

Será que eu psicografei esse texto pra você?
:|

Super poderia ter escrito isso.

 

Blog Template by YummyLolly.com - RSS icons by ComingUpForAir