24.4.10

de sábado, sozinha

porque estar sozinha nunca me pareceu um problema. parecia bem mais uma solução. mas aí eu aprendi a me socializar com um, e só um. e isso faz falta a cada dez minutos sem sua presença irritante. pequenos detalhes para quem acordou disposta, meia hora antes do horário normal, seguiu sem reclamar para a faculdade e o fez até terminar. não almocei porque seria contrário a todos os outros fins de semana e eu não quero radicalizar. ok, pelo menos dormi o sono mais esperado do século, embora esteja ainda com a sensação de que preciso de mais - e muito mais. acordei com um choro que, certamente, não era o meu. ofereci ânimo, quase aceito. e isso geralmente dura muito pouco, ainda não sei fazer direito. procurei os cachorros do vizinho cego e isso me valeu o dia. e, espera, vou ali pegar o meu martini e curtir essas horas cheias de nada e de tudo ao mesmo tempo. assim, sábado, e sozinha. beijos

1 comentários:

gabriela m. disse...

às vezes a solidão tem uma parte positiva. mas não sei dizer foi o caso.

 

Blog Template by YummyLolly.com - RSS icons by ComingUpForAir